Publicação

Magic the Gathering | Modern

Jeskai Ascendancy no Modern

Desde que a carta  Ascendência Jeskai foi impressa, ela teve um grande impacto nos formatos construídos. Do Standard ao Legacy, passando pelo Modern. Especialmente com o auxílio de  Cruzeiro do TesouroSonda Gitaxiana , o deck fez bastante sucesso por onde passou. No entanto, após o banimento destas duas últimas cartas, o deck caiu em esquecimento.

Mas isso não tira o valor "diversão" que o baralho traz. E é sempre legal trazer estratégias diferentes para um formato com tantas possibilidades como o Modern, em que a maioria das pessoas está preocupada em responder o que já existe e não tão preparadas para o advento de "novas" sinergias.

Contudo, eu não era o único com essa ideia na cabeça e busquei diversas listas e trago para vocês um exemplo do que estava à disposição:

 

 

 

 

A maioria das listas se utiliza da carta  Desejo Fulgurante , como uma "caixa de ferramentas" que te permite buscar uma resposta a algo que você precise ou até mesmo o combo.

Porém, após testar, não a considero uma carta que você queira em seu baralho. Com tanto descarte no formato, você não quer gastar seu turno buscando algo que não ficará na sua mão. Ou "telegrafar" sua jogada para o oponente, pois o deck é muito frágil a inúmeras interações. Com isto, cheguei à lista atual:

Essa lista tenta contemplar alguns aspectos que considerei "chave" para o sucesso do baralho: explosão e resiliência, além, claro, de efetividade.

Como todo baralho de combo, este sofre para descartes, o que é resolvido com as  Linha de Força da Santidade do sideboard. Outro aspecto dos baralhos combo é "perder para si mesmo". Ou seja, não conseguir ser efetivo. Isto é resolvido com a carta  Idéias Soltas . Uma vez que se começa a combar e resolve-se uma desta, é praticamente impossível que o combo falhe. Ainda, é uma forma de tornar seus mulligans menos prejudiciais e te permitem voltar para um jogo em que as coisas não estão indo muito bem.

Outro aspecto que pude perceber e com o auxílio do meu amigo  Antonio Faillace sanar, foi que apenas 16 terrenos te levava a muitos mulligans. Adicionamos o 17º., o que melhorou consideravelmente. Ainda, quis aumentar a explosão do deck tendo que sua melhor saída sempre seria mana + dork, mana + ascendancy, e combar turno 3. Com isso, cheguei a 3x  Hierarca Nobre . Quanto às criaturas, é importante ressaltar a necessidade de se sidear para fora os 7 drops 1 contra decks como Jund e Burn, que possuem muita remoção, mas tem trabalho em lidar com as  Linha de Força da SantidadeCariátide Silvestre . Eles não podem se dar o luxo de tirar os remoções de qualquer forma. 

Uma interação muito legal do baralho e que muitas vezes te leva a vitórias inesperadas é  Hélice de RetraçãoExplosivos Fabricados . Essa simples interação te permite deixar uma criatura +X/+X e filtrar por todo o seu baralho atrás de algo que precise para ganhar o jogo. 

Acima eu menciono a fragilidade do baralho a inúmeras interações, que são importantes para quando se for jogar com ou contra este combo: o jeito mais fácil de combar é com uma criatrua de mana +  Cosedor de Destino . No entanto, a habilidade de voltar este do cemitério vai para a pilha e ele pode ser removido em resposta, com um  Lodo Necrófago por exemplo. E isto leva a blowouts surreais devido não somente à perda da critura/habilidade atividade como da mana, que é sempre contada e que já foi paga. Outra interação é que boa parte do combo funciona em velocidade de feitiço, então uma Degeneração Abrupta no encantamento ou até mesmo um  Raio em uma das criaturas podem ser suficientes para frustrarem os planos.


Jonathan L Melamed

Jogador de Magic: the Gathering com alguns resultados expressivos no cenário nacional e internacional. Juiz nível 1 sempre disposto a ajudar em torneios. Jogador de Vanguard com admiração especial pelo clã Oracle Think Tank. Entusiasta de Board Games, especialmente os mais leves do tipo Party Games como Carcassonne, Ascension, King of Tokyo, Coup, entre outros.



Carregando...